São 4 horas da manhã, faz muito frio embora seja verão, mas a 5000m de altura o calor não é uma sensação térmica muito comum. Dentro do “gompa” o salão principal do monastério, 4000 monges se espremem num espaço onde geralmente são recebidos 500 monges. Policiais fortemente armados abrem espaço para uma comitiva que entra ao som de potentes trombetas tibetanas e do meio dela surge um pequeno menino de 7 anos, faz as prostrações e é conduzido ao trono do imponente salão. Sem o menor constrangimento, que seria esperado de uma criança naquela situação (ou até mesmo de um adulto) ele se senta, recebe oferendas, bênçãos de importantes mestres budistas de várias regiões do Tibete e ouve as rezas daquela que é a sua cerimônia de entronização, para logo depois receber o microfone e recitar ele próprio, de cor, extensas rezas por aproximadamente 15 minutos. O salão todo repete as frases logo após o pequeno, satisfeito por estar recebendo de volta o grande mestre Denma Gonsar Rinpoche falecido em 2005 e agora reencarnado num garoto, Tsering Dorje.

        Em agosto de 2014 fui convidado por Lama Gangchen Rinpoche e Lama Michel Rinpoche para presenciar esse evento raríssimo numa viagem a remota região de Khan no Tibete, uma planície de montanhas e vegetação rasteira, uma paisagem onde muito esporadicamente se encontram pequeníssimos vilarejos. Assim como nosso pequeno grupo (os únicos ocidentais no local), 100 mil fiéis vieram de diversas partes do país para uma semana de cerimônias e festividades. O pequeno lama é reconhecido como um “tulku”,  um mestre budista que escolhe reencarnar espontaneamente para retornar novamente ao mundo terreno do samsara e ajudar os que aqui ainda estão. A vida anterior de Denma Gonsar foi marcada por realizações muito grandes nesse sentido, mesmo tendo sido preso durante a Revolução Cultural voltou a sua região e recons- truiu comunidades e monastérios auxiliando um número imenso de pessoas. Por ter sido tão significativamente generoso, foi adorado por uma enormidade de fiéis e por isso tanta gente se deslocou com suas barracas a um lugar tão inóspito, para um grande acampamento nas planícies do Himalaia, a fim de celebrar o que se acredita ser o retorno desse que lhes trouxe tantas bênçãos.

        A edição de abril desse ano da National Geographic publicou uma matéria contando sobre esse evento tão particular. A exposição Menino de Ouro, que ocorreu no mesmo mês na Praça Victor Civita em São Paulo, tenta ampliar o conteúdo dessa reportagem aprofundando-se nos personagens que lá estiveram, porque não bastasse toda a mística em torno do evento, o universo desses tibetanos, em geral nômades pecuaristas, se mostrou extremamente rico. Quis com esse trabalho dividir com o público a experiência do Tibete que conheci; um país cheio de costumes tradicionais, visualmente muito sofisticado e misturado com as influências que eles começam a receber do ocidente. Um contraponto de smartphones e mantras que nunca imaginei encontrar. Além disso a maneira do tibetano se comportar diante da câmera chama a atenção; muito íntegros e sem malícia, deixam  se fotografar e até posam para as fotos de um jeito que normalmente não se encontra mais pelo mundo, hoje tomado de constrangimentos e receios do que pode se tornar uma imagem clicada.

        Que essas fotografias possam mostrar essas pessoas e seus votos auspiciosos, para a longa viagem do pequeno Denma Gonsar, rumo aos ensinamentos de amor e compaixão do budismo, que está apenas começando.


◆    ◆    ◆

Tsering Dorje

O pequeno Lama de 7 anos é reconhecido como a reencarnação de Denma Gonsar Rinpoche

Denma Gonsar Rinpoche

Um dos principais mestres do budismo tibetano, falecido em 2005 deixou um legado de muito auxílio ao povo tibetano

Lama Gangchen Rinpoche

Grande mestre budista tibetano e grande amigo de Denma Gonsar, dedica sua vida a compartilhar com orientais e ocidentais os ensinamentos budistas

Lama Michel Rinpoche

Brasileiro reconhecido como Lama aos 5 anos de idade e grande propagador da filosofia budista no ocidente

Copyright © All rights reserved.
Using Format